Início Matérias Comportamentais Livro Nazaré Uma noite no deserto com beduínos

Uma noite no deserto com beduínos

COMPARTILHE

Quando chegamos a Arad, meu coração batia mais forte ainda. Estava prestes a realizar outro sonho. Entramos numa estrada que parecia levar ao nada. O deserto era a única referência. De repente, vi, ao longe, tendas de beduínos e camelos.

Mais um pouco e avistei um oásis. Chegáramos. Não havia ninguém ali; apenas palmeiras e tendas. No centro, um grande espaço vazio para rituais. Só à distância percebi uma presença: era um senhor beduíno.

A caminho de uma grande tenda, para onde estava sendo levado, perguntei se poderia tirar uma fotos e filmar algumas coisas. Fui avisado para ter calma, pois estava no deserto.

Ao entrarmos, Mohamad já estava na tenda com outros beduínos. Toda forrada de carpetes e almofadas, era a principal delas, específica para receber convidados, como fiquei sabendo depois. Mohamad pegou um pouco de chá, serviu-me e sentou-se:

Percebi que estava voltado para uma das laterais da tenda e essa não era a posição de relaxamento. Mudei de lugar, sentando-me ao lado dele e virado para a entrada, olhos fixos no deserto. Ele deu uma risada e postou-se um pouco mais à direita. Fiquei assim por quase meia hora, apenas observando a paisagem de areia.

O chá de ervas era delicioso. Ao fundo, via camelos e cavalos parados, inertes, como se estivessem admirando a imensidão e o vazio. Não me cansava de estar ali, na mesma posição. Não falávamos nada; tomávamos chá e a vida passava. Resolvi, enfim, puxar assunto, mas, num impulso, levantei e resolvi dar uma volta. Mohamad me olhou desconfiado, na certa estranhando aquela vontade súbita. Saí da tenda e comecei a andar, distraído e relaxado. Deve ter se passado algum tempo até me dar conta da realidade. As palavras me voltaram à mente como um foguete: estava no deserto. Parei.

A paisagem e a sensação que inspirava superavam, em muito, o que sempre imaginara. Deserto. Estava completamente isolado, sem banco, filas, posto de gasolina, shopping, hospital, eletricidade, escola, estacionamento… Meu Deus, estava no deserto! Havia areia, chá, camelo, tenda, cavalo e silêncio. Com exceção de um som emitido por um camelo de vez em quando, tudo o que ouvia era o vento carregando as areias para lá e para cá.

Após divagações, voltei correndo para a tenda. Mohamad disfarçou o sorriso e pude ler na expressão de seu rosto: “Agora, ele entendeu onde está.” Retomamos a conversa, até que apareceu um grupo de soldados israelenses que fazia patrulha no deserto.

Um deles era filho de um dos líderes beduínos e chamava-se Liad. Logo fomos nos apresentando, enquanto os homens preparavam o local para as visitas, que já se sentavam no chão em torno dos tapetes especiais que serviam de suporte para a comida.

Os beduínos trouxeram, então, grandes bandejas. No centro delas, repousavam generosas porções de arroz com legumes, encimadas por pães e carne; ao redor do prato principal, oito tigelinhas com milho, homus e outras iguarias.

Havia uma bandeja para cada quatro pessoas. Sentei-me perto de Liad e, para minha surpresa e divertimento, constatei que não havia talheres. Comia-se com a mão e com a ajuda do pão, que era, aliás, muito saboroso.

O ritual consistia em pegar um pedaço de pão e usá-lo como suporte, “enrolando” a comida nele. Como a carne se pegava com a mão, fiquei todo sujo. Restos de alimentos caíam na minha calça e espalhavam-se em torno da boca. A técnica deles requeria uma habilidade que eu não tinha.

Cidades em Israel

Belém | Jerusalém | Jerico | Julis | Nazaré | São João de Acre | Tel Aviv | Tiberíades

País no Oriente Médio

 Israel

Leia mais

Uma noite na tenda com beduínos no deserto 

Um ateu no meu caminho

Os pergaminhos nas cavernas de Qumram

Os ensinamentos do mestre Kfar

O sítio arqueológico de Massada

Monte das Tentações em pleno deserto da Judeia

Jericó local histórico pouco amistoso

Divagando na imensidão do deserto com beduínos

Zaqueu, um pequeno cobrador de impostos

Conversando com Beduínos no deserto

Conhecendo a cultura dos beduínos

O mar MORTO está vivo em minhas lembranças

Aprendendo a cultura dos Drusos 

Minha viagem com o padre Marcelo Rossi e o Gugu

Palestra Motivacional- Soluções Criativas para você e sua empresa

Nazaré – Os Dez Mandamentos da Liderança

Viagem de incentivo- Terra Santa

Soluções estratégicas para seu evento

Entrevista I – A origem do Viajante Profissional

Biografia

No seu evento com o profissional Sergio Motta

O hostel é bacana para quem procura viajar gastando pouco

Evite problemas no aeroporto ao entrar num país

Envolva seu filho desde o começo no planejamento da viagem

Você precisa ter uma média de quanto dinheiro pode gastar

Monte o curso de acordo com seu tempo

Evite carregar um monte de coisas desnecessárias

Planejar uma viagem por conta própria depende de diversos fatores

Faça sua estadia em um local seguro

Procure interagir com os moradores locais e peça informações

Todos nós gostamos de viajar, mas nem sempre o podemos

Vale à pena fazer reserva para sua garantia

Quem eram os autores dos evangelhos?

Por que os romanos eliminaram Jesus de forma tão sumária

O significado das palavras Bíblia e Jesus

Motivação para viajar pela Terra Santa

Jesus era alegre? Sentia medo?

Faça uma viagem econômica na Terra Santa

Como comprovar a autenticidade dos lugares sagrados?

Alguns cuidados na Terra Santa

Novo Testamento: Versículos referentes aos locais sagrados

Tempo de viagem de carro entre cidades na Terra Santa

 

Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar ao blog viajandocomsergiomotta sobre os erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente ao blog

Compartilhar

Preencha os campos abaixo para compartilhar esta postagem.

Indo Viajar

Gostaria de obter informações, dicas, sugestões, conselhos e quem sabe nos encontramos no local. Por isso estou deixando alguns dados para encontrar-me no Facebook do Grupo Viajando com Sergio Motta.
OBS: Seus dados ficaram por 6 meses após a data de partida expirar. Seja um VIAJANTE TOP.
NomeFacebookDestino(s)ChegadaPartidaStatus