Início Matérias Comportamentais Livro Uma Aventura Legal A energia dentro da pirâmide no Egito

A energia dentro da pirâmide no Egito

COMPARTILHE

A caravana continuou em seu caminho. Mais uma meia hora e avistamos as pirâmides. Lindas e geometricamente perfeitas assentadas no descampado. Com o calor da areia, pareciam uma visão, turvando com a subida de vapores.

Apertamos o passo à medida que nos aproximávamos, deixando os guias ligeiramente para trás. Quéops! Quéfren! Miquerinos! Encostei minha mão na sólida parede de pedras. Pude sentir 5.000 anos na ponta de meus dedos. Vi os blocos enormes que se uniam para formar as gigantescas estruturas. A pirâmide maior, do faraó Quéops, foi feita com nada menos que 2.500 blocos e tem mais de 130 metros de altura. E pensar que foi construída na quarta dinastia dos reis egípcios.

Depois desse dia, passei a entender o significado da palavra “faraônico” em toda sua profundidade. É de encher os olhos. Reparei no desgaste que o vento de milhares de anos provocou. A maciez das pedras. O arredondado dos cantos. Dei a volta inteira ao redor de Quéops. Era linda e maciça. Durante alguns minutos, não falei uma frase inteira. “Demais!”, “Não acredito!”, “Que loucura!”, “Chocante!”, “Sobrenatural!”, “Uau, cara!”

Quando retomamos o fôlego, partimos para a visita ao interior. Era ainda mais excitante. Câmaras subterrâneas, corredores, passagens secretas, compartimentos que não acabam mais. As paredes têm afrescos, com figuras da religião egípcia, mostrando todo o trajeto do faraó até o outro lado da vida. O mais curioso é que acreditavam que o rei iria de barco até o encontro com o deus do Sol, Rá  – um sinal da forte influência do rio Nilo em sua cultura. Esses barcos existem até hoje, em bom estado de conservação, e ficam expostos em um pequeno museu ao lado das pirâmides.

Toda a descrição da viagem do faraó, que dura um dia e uma noite, está contada naquelas paredes. Muitas têm hieróglifos. Há passagens tão apertadas que parecem pequenos túneis, nas quais só se passa agachado. Outras são íngremes, com inclinações de mais de 70 graus. Para subir só há pequenos pedaços de madeira presos às rochas, formando uma espécie de escada. Atrás de caminhos estreitos abrem-se câmaras maiores. Foram descobrindo uma a uma, até chegar ao pequeno salão em que um faraó foi deixado com comida e riquezas para passar para o outro lado da vida. Imaginei todo o trabalho de construção da pirâmide. Suor, engenho, escravidão. Anos e anos. Vidas e vidas.

Pensei na emoção do faraó visitando seu próprio túmulo e sonhando com uma boa vida após a morte. Será que a usufruiu? Naquela sala, senti uma energia forte, pois o lugar está num ponto estratégico em relação às arestas da pirâmide. Eram fluidos positivos, forças azuis. O astral é ótimo e sensível na pele, mesmo que você nunca tenha tido o menor interesse por assuntos esotéricos. Vivi sensações inesquecíveis. Um delírio completo.

Cidade no Egito

Cairo

País na África

Egito

 

Leia mais

Chegando no Egito pela primeira vez

Uma aula de negociação de camelos no Egito

Uma aventura de ônibus na cidade do Cairo 

Minha caravana de camelo pelo Deserto do Saara

A esfinge e as pirâmides

Um luxo em Karnak 

O Colosso de Memnon é um exemplo da arte do antigo Egito 

O maior tesouro pode estar próximo de você 

Palestra Motivacional- Soluções Criativas para você e sua empresa

Uma Aventura Legal – Soluções Criativas

Soluções estratégicas para seu evento

Entrevista I – A origem do Viajante Profissional

Biografia

No seu evento com o profissional Sergio Motta

Livros de Viagens

Para viajar pela Europa é necessário ter um passaporte válido por mais de 6 meses

Na Europa, devolva o carro onde o alugou

A Bélgica é um dos países mais tradicionais para cerveja!

A cozinha típica da República Tcheca é bem rica!

Viajar com bebê é sempre complicado e exige bastante planejamento

Não dê vexame e se informe sobre os costumes cotidianos locais

Amsterdã oferece uma mistura de história, cultura e modernidade perfeita!

Viajando de avião com seu pet

Viajar barato qualquer um pode aprender e eu sou a maior prova disso

A diversidade europeia se reflete na sua rede ferroviária

É uma forma de conhecer a si mesmo

Caso alguma coisa não saia conforme o plano, improvise

Eu já fiz muita amizade quando fiz meu primeiro mochilão

Uma maneira de poupar dinheiro é optar por destinos econômicos

Troque o avião pelo trem nos trajetos curtos

Nem todos os trens têm lugares para bagagens maiores

A primeira coisa é escolher o seu destino da viagem

Antes de comprar as passagens fique bem atento a alguns detalhes

Conselhos para não se dar mal na viagem

Verifique quais são os documentos necessários para o destino escolhido

A polícia turística é muito eficiente

Além de risadas garantidas, boas companhias e muita história pra contar

Cada pessoa possui suas individualidades e gostos próprios

Cada um apresenta um modo diferente de vivenciar uma viagem

É a experiência que faz o bom viajante

Escolha itens multiuso.  Essa regra é clássica

Batalhe por um desconto na compra

Pague menos e fique de olho nas oportunidades!

Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar ao blog viajandocomsergiomotta sobre os erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente ao blog

Compartilhar

Preencha os campos abaixo para compartilhar esta postagem.

Indo Viajar

Gostaria de obter informações, dicas, sugestões, conselhos e quem sabe nos encontramos no local. Por isso estou deixando alguns dados para encontrar-me no Facebook do Grupo Viajando com Sergio Motta.
OBS: Seus dados ficaram por 6 meses após a data de partida expirar. Seja um VIAJANTE TOP.
NomeFacebookDestino(s)ChegadaPartidaStatus